Pesquisa
avançada
12787 joguetes

Jogo recentemente visto:

Bally Basic
  • auuuuuuuuuuuu

  • fase 1. cores boas. menos o viking :(

  • fase 3

  • o arqui-inimigo do he-man

  • kim passando vaselina

  • daniel caetano prester a levar uma encoxada

  • O demonio da coreia trabalhando pra MDB

  • a caixinha sinistra de dvd

  • Popolon se revoltando com sua contrafação

Ontem estava em minha casa tentando me decidir por um restaurante que não fosse vulgar em demasia e também não fosse de FRUTOS DO MAR, que como todos sabem, FRUTOS DO MAR é comida de gente frugivora. churrascarias, com aquele monte de gordos correndo e gritando com espetos, estava fora de questã, é claro, e comida arte também.

Estou contando isso apenas para fazer uma associação bastante ilustrativa no fim deste REVIEW, como vocês serão forçados a enxergar no momento em que estivermos chegando lá, e do qual só concordei em participar para poder escrever frases como "HERÓI CALVO DA COMPUTAÇÃO APUNHALADO POR JUDAS ORIENTAL" e "Jovem inconsequente põe obra de poeta do vintage nas mãos de auto-proclamado Robin Ú da patifaria!"


Primeiro vamos conhecer o KNIGHTMARE GOLD. Eis que esta versão do Knightmare, o mais famoso e choramingoso jogo da Konami para MSX (tanto que recomendo veementemente uma consulta ao review do jogo original), foi hackeado por Daniel "LaRusso" Caetano, conhecido, desde sua tradução do japonês para português do jogo Snatcher, como Paladino Calvo do Assembly Z-80. O objetivo do heróico msxzista não era outro senão, seguindo sugestões de alguns colegas, alterar as cores do Knightmare para usar as do MSX2. No meio do processo, ele decidiu melhorar um pouco a jogabilidade e fazer scroll fino, uma tabela de scores melhor, colocar uma apresentação diferente com uma digitalização da caixa original e mostrar outros detalhes, como o número de speeds que o jogador está usando.

As cores ficaram boas, fieis as originais, apenas com mais tons, e o scroll realmente melhora bastante o jogo.

O único problema é que o heróico poeta do vintage decidiu por bem ouvir outras sugestões de seus amigos:

Homem Buraquinho, figurinha CARIMBADA e TARIMBADA no baú de jogos, resolveu que ia ser legal (sim, Homem Buraquinho não nega suas origens pictas anascepiontes) pintar o viking de amarelo caganeira. E o ADRIANO TARADO DA CUNHA, conhecido mundialmente por ter criado o UZIX, o sistema operacional mais usado no universo, que já havia feito um hack do Knightmare para rodar a partir de CD e tocar músicas WAV, inspirou Daniel a inserir em seu Knightmare Gold a opção de escutar durante a PARTIDA os arranjos (desarranjos?) GROTESCOS de Pablo Vasques Bravo-Villalba, que simplesmente cagam, arrasam e destroem por completo as músicas originais da Konami. Não tenho nem como começar a descrever o quanto esses arranjos são ruins. Peguem os MP3 na internet e ouçam. Deus do céu, isso é... isso é loucura. Isso é esparta. Constrangedor. Pega teu teclado e leva de volta pra churrascaria, Pablo, na boa. (Perceberam a CONEXÃO?)

Se não fossem esses dois detalhes (as músicas do PABLÃO, graças a deus, podes desligar), ia ser só alegria.

Veredicto final: Um belo IMPROVEMENT no jogo original, com apenas dois detalhes bestas, sendo que eles podem ser desligado.