Pesquisa
avançada
12787 joguetes
  • Windows
  • 2005
  • CD
  • Eidos
  • 1
  • 3D
  • Boteco do Dexter - escolha personagens e missões

  • o jogo é cheio de cut-scenes baseadas no filme

  • jogue com TODOS os personagens

Lego Star Wars é mais uma prova da genialidade da Pixar. Pode parecer paradoxal, visto que a Pixar não tem nada a ver com Lego, e nem com Star Wars, mas basta olhar o histórico dos filmes.


Na época em que os ray-tracers ainda não tinham shaders, e nenhuma das técnicas mais complexas, era impossível fazer uma figura humana realística. O melhor que ficava eram figuras com aparência de plástico. Vendo a limitação da tecnologia, a Pixar fez "Toy Story", um filme onde os personagens são bonecos de plástico.


Com animais também havia esse problema. Fazer penas não dava, pêlos, então, nem pensar. O máximo que dava pra fazer era inseto. Então, fizeram o "bug's Life". E, de maneira consistente, a Pixar nunca tenta dar passos além do que a tecnologia permite.


Com jogos 3D o problema é similar. Embora as técnicas foto-realistas existam, não dá para colocá-las em jogos, porque elas ainda não são real-time. Em tempo real, o máximo que dá pra fazer são figuras com aparência de plástico. Então, como aconteceu com a Pixar, os jogos de visual excelente serão aqueles que explorarem isso, como Lego Star Wars!


E, acreditem, o visual é realmente muito bom. Todos os personagens são modelados a partir de seus brinquedos Lego, e mesmo no jogo, eles agem como brinquedos Lego. Por exemplo, na batalha final contra Darth Maul, se você conseguir cortá-lo ao meio, irão aparecer os dois encaixes que uniam a peça das pernas com a peça do corpo!


Além disso, os puzzles são baseados em Lego também. Caso apareça um abismo intransponível, o jogador Jedi pode usar a Força para desmontar as peças da parede ao lado, e remontar em forma de ponte.


A jogabilidade de Lego Star Wars surpreende. Ele é em estilo plataforma, e a diversidade de movimentos possíveis o coloca perto do Mario 64. Praticamente todos os personagens dos filmes podem ser escolhidos, e cada um deles tem uma habilidade específica. Obi-wan pode usar a força, a Rainha Amidala possui a corda com gancho, R2D2 pode usar seus jatinhos para breves vôos.


O jogo possui também um replayability alto. Após completar a fase em story mode, seguindo o roteiro e personagens dos filmes, você pode voltar e tentar o freeplay. Nesse modo, a escolha de personagens é arbitrária (você pode escolher um time composto por Jango Fett e Capitão Panaka, por exemplo). Seu objetivo agora é achar as peças de Lego escondidas no cenário, e ainda há uma peça de Lego extra caso você complete coletando todos os bônus espalhados pela fase.


A música integra muito bem com o cenário, que é muito bem modelado. Lutar contra Conde Dooku, ao som da Marcha Imperial, ou contra Darth Maul, ao som do Duel of the Fates, é praticamente voltar aos filmes. Aliás, foi tomado um cuidado especial com os movimentos dos personagens. Os golpes de lightsaber que cada um deles usa é fiel ao filme. O Yoda luta como um coelho ninja, por exemplo.


Há um ponto, entretanto, que pode ser bom ou ruim, dependendo do ponto de vista. Lego Star Wars foi claramente um jogo feito para toda a família. Esse é um jogo que seu sobrinho ou sua namorada podem jogar. Os comandos são simples e de fácil aprendizado. Para o hardcore gamer, entretanto, ele é muito fácil. Uma noite será o suficiente para você virar o story mode de cada filme. Para os gamers experientes, o freeplay mode é mais satisfatório.


Pra quem gosta de Star Wars, esse é um jogo imperdível. Existem versões para PC, XBOX e PS2. Há uma versão GBA também, mas evite essa: em 2D, o visual do jogo é muito prejudicado.