Pesquisa
avançada
12791 joguetes

se estiveres te sentindo um merda

Clique aqui
  • tela legal de skirmish devidamente roubada do Moby Games

  • docas, botes e templo devidamente roubados do Moby Games

  • uma das ruinas num mapa mal explorado devidamente roubado do Moby Games

Percebendo o sucesso do Warcraft II, a Microsoft resolveu entrar nessa onda de jogos de estratégia e contratou a Ensemble Studios.

Não se sairam mal. Construíram um jogo de estratégia em tempo real que simula guerras entre povos antigos usando infantaria, cavalos, arqueiros, armas de cerco e barcos. Imitando AFU o Warcraft, os jogadores começam com alguns peões e um Town Hall (Town Center neste jogo). Daí, como sempre, tem que coletar recursos com os peões e fazer construções com eles. Das construções podem sair guerreiros e tal. Juntando os recursos e construções necessárias, é possível trocar de idade (evoluir). Os jogadores começam na idade da pedra e passam por mais 3 idades até chegar na idade do ferro. Também resolveram variar os tipos de recursos que são comida (pega de animais, peixes, arbustos ou de fazendas - disponíveis na 2a idade), madeira, ouro e pedra.

Cada jogador pode escolher um dos seguintes povos: Egyptian, Greek, Babylonian, Assyrian, Minoan, Hittite, Phoenician, Sumerian, Persian, Shang, Yamato e Choson. Parece impressionante um jogo de estratégia nessa época ter 12 povos para escolher, mas não se iluda: isso foi apenas uma sacada para conquistar o jogador incauto porque as diferenças entre os povos são sutis. Alguns exemplos: Shang tem peão barato e muro dobrado; Assyrian (o melhor povo) possui arqueiros e peões cheirados e alguns povos (que eu não lembro agora) possuem elefantes e arqueiros montandos em elefantes.


Outra inovação interessante é haver mais formas de vencer o jogo além do massacre total:

- construindo um monumento (custa caro e demora demais) e mantendo ele de pé por X minutos;

- pegando 5 artefatos (uns carrinhos trouxas);

- marcando cinco ruinas no mapa.

Editor de cenário e de campanhas também são duas coisas legais.


E também há outros modos de jogo além da clássica campanha e do duelo. Em especial vou citar apenas o Death Match que é um modo onde os jogadores começam abarrotados de recursos e daí é só partir pra porrada.


Concluindo, esse jogo inicia lento, é cheio dos bugs e os povos são pra lá de desparelhos, mas conseguiram inovar legal para a época e rende diversão (po, tem até os monges convertedores que cantam musiquinha).