Pesquisa
avançada
12781 joguetes

tu se acha o ardcór das parada?

Musicas Afu Insert Coin

Hitman Blood Money

Hitman 4

  • o que!?!!11111111@q211111 o hitman está morto!!!!!!!121231!o9!? será!>#@!/!? no carrier

  • chegando num cassino

  • observe a quantidade de pessoas se mexendo ao mesmo tempo na rua

  • deixando EVIDENCIAS na rua

  • escudo humano (sim, agora a roupa rasga e suja de sangue nas lutas)

  • disfarçado de nerdyz

  • dando aquela encoxado no amigo

  • ria e a vida rirá com VC. chore e irá chorar sozinho.

  • papai noel

  • os gráficos são BEM MELHORES QUE ISSO no jogo, perde vários efeitos aqui

Agora sim, este é uma continuação de verdade do HITMAN.

Como todos sabem, HITMAN é um careca do mal geneticamente criado por cientistas malucos para ser o assassino de aluguel perfeito. E neste episódio da série, o ball head está trabalhando para clientes americanos enquanto rola alguma conspiração bizarra pra assassinar o presidente dos estados unidos, roubar uma tecnologia de clonagem e outras merdas nada a ver que pouco importam, mas que incluem um assassino albino rival, o que já é garantia de certa arte.

Os gráficos estão SENSACIONAIS, FINOS & XAVEKEIROS, é o único jogo que já vi que usa shader 3 sem ter aqueles brilhozinhos histéricos na tela toda, com efeitos bem bonitos & realisticos de vidro e doutras merdas.

Os controles também melhoraram pra caralho, o joguete inclui vários movimentos novos, o careca pode escalar vários tipos de superfícies e subir em objetos, ficou mais simples de se esgueirar e agora ele é um mestre do CQC, podendo arrancar armas das mãos dos inimigos e usar escudo humano no meio do combate.

As fases são bem variadas e bem maiores e mais complexas que as do Contracts e o careca do mal passa por um parque de diversões abandonado que serve de base pra negões traficantes, uma vinícola no Chile, a ópera em Paris (numa fase que mostra os eventos anteriores à missão na qual o Hitman leva um tiro no Contracts), New Orleans durante o Mardi Gras com centenas de pessoas nas ruas e bares de blues, uma fase inteira em um navio no Mississippi, um cassino, uma festa de casamento, uma festa de natal de um milionário playboy e diversas outras genialidades, sempre com centenas de maneiras diferentes de resolver as coisas. É legal ver o nível de detalhes da obra e as bobagens que os outros bonecos ficam fazendo com suas inteligências artificias perfeitinhas (afdsufahsdfs).

Agora o jogo conta com um sistema de reputação, quanto mais corpos e evidências e violência o Hitman provoca numa fase, mais conhecido ele vai ficando pela polícia, o que torna as fases seguintes mais difíceis. Para evitar isso é preciso, antes de sair da cena do crime, recuperar as armas e o TERNO DO MAL que ele deixa ao se disfarçar, ou então subornar testemunhas. Para evitar suspeitas, agora também é possível simular suícidios e acidentes: quando tiver alguém perto de uma sacada, é só empurrar, ou então sabotar coisas como churrasqueiras pra vítima pegar fogo quando for acender. As seringas de anestésicos e venenos podem ser usadas direto nas pessoas ou em bebidas e comidas, e agora o jogo conta com dezenas de figurantes nas fases que se passam em lugares públicos, tendo o careca do mal que ter o cuidado de não se deixar fotografar, ser visto por testemunhas ou filmado nas cameras de segurança (é possível roubar as fitas das cameras invadindo a sede de segurança do lugar). Outra opção besta só pra dizer que tem é a de fazer upgrades nas armas.

Bem menos violento que o Contracts e extremamente divertido, com muitas maneiras novas e operísticas de passar pelas fases e diversas coisas secretas para descobrir, como outros assassinos escondidos para pegar o Hitman, este é, até o momento, o melhor jogo da série, vale a pena ficar jogando de novo pra encontrar modos esdrúxulos de matar todo mundo e conseguir o TÍTULO MÁXIMO de Silent Assassin.