Pesquisa
avançada
12787 joguetes

tu se acha o ardcór das parada?

FILMES QUE EXPLODEM COMO DINAMITE Halloween
  • entrada

  • eis a prova do crack

  • inicio do jogo

  • lógica imbecil e nefasta

  • ok, libertei o Brand para poder abrir o baú

  • no baú tinha esse mapa

  • segunda fase. veja o soco idiota do Brand. enjoei

Este jogo foi alvo de controvérsias hediondas recentemente e os programadores decidiram seguir o exemplo de outros nobres companheiros e abandonaram a cena pra sempre. Foi crackeado por um maligno cracker brasileiro e tal, figura notória por zappear e alterar o nome dos fabricantes originais de antigos jogos dos anos 80. Mas parece que a rom foi fornecida por uns amigos europeus do programador. Não entrarei nesses detalhes e nem me importo com isso, sou contra o crack e contra a distribuição do jogo sem a autorização dos programadores. Digo tudo isso apenas porque não consegui obter o jogo original, não é mais vendido, meu amigo Muffie tentou comprar o original pra eu fazer o review, mas como não quiseram vender, peguei a rom por motivos de divulgação e review, o link estava disponível num blog de msx europeu (eis o link, copiado dos comentários do blog do konamito: http://www.mediafire.com/?rvggpjlapxojaxk

), analisei friamente o jogo, vi vários vídeos do original em ação num msx real no youtube e vou apenas falar do jogo em si. Devido ao fato de ser claramente uma homenagem ao antigo jogo da Konami para MSX, é inevitável comparar os dois.

É um arcadezinnho adventure bem ruim de plataforma que consiste sempre em procurar um dos goonies, pegar o baú com ele para achar um item necessário para passar de fase e achar a saída da fase.

Os inimigos são muito toscos e ficam apenas andando de um lado para o outro ou dando uns tirinhos, não tem a graça e a variedade do antigo Goonies da Konami, e o único desafio do jogo é ficar esperando nas escadas ou na entrada da tela até o inimigo sair do caminho ou sincronizar com as gotinhas e vapores para poderes passar, num grande retrocesso de jogabilidade também quando comparado ao antigo, remetendo aos piores do Spectrum. Também rolam uns pulinhos que se tu erra faz tudo de novo, mas normal, nada da arte da Konami.

No mais é bastante fácil, mas terrivelmente entediante. Os cenários são fracos e genéricos e mais parecem um jogo de NES, também não tem a variedade que a Konami proporcionou em 1986, mais de 20 anos atrás, em 32kb.

Rola toda uma chatice de ter que ficar achando cabines telefonicas pra trocar de boneco, porque só podes pegar um baú com cada boneco, e só com um deles podes acessar o mapa da fase, tudo isso pra prolongar o joguinho e te fazer dar mais voltas. Não rola o sentido de exploração e de sempre descobrir coisas novas. Além disso as fases são curtas e labirinticas no pior estilo das plataformas genéricas de NES dos anos 80, em tudo parece mais um jogo ruim de NES do que um arcade de MSX. Deve até as cuecas para coisas como Maze of Galious, Spelunker, Vampire Killer, Treasure of Usas (neste pelo menos os elevadores te matavam esmagado) e o próprio Goonies original.

As músicas são péssimas, uma sinfonia do desafino em SCC. Obviamente estou falando do som original (o cartucho tinha um SCC e um PSG internos, os artistas que fizeram disseram que o som do PSG interno ficava levemente mais baixo que o do SCC e estragava as músicas, apesar da diferença não ser tão notável, mas tudo bem) como pode ser comprovado no youtube. As músicas todas são mais genéricas ainda que o jogo, com som de latinha e nenhum tema notável, a mais decenteziha é a da fase 1 e só porque é um remix (piorado, põe piorado nisso) do tema do filme. Não adianta nada meter SCC se é pra isso.

Os controles estão ok, nada a reclamar nisso, é o design das fases e inimigos que enjoa e o jogo não dá vontade de prosseguir muito, me lembra o original e talvez a única qualidade aqui seja querer fazer desligar a máquina e voltar pro de 1986.

Não falo nada disso por maldade, é só o que vi do jogo, nem tenho nada contra os programadores e repito que por mim não deviam mesmo crackear e nem distribuir rom sem a permissão deles.

Compreendo que se esforçaram pra fazer o jogo, que o jogo é uma tour de force para tentar agradar msxzistas, rodando em msx 1 (com gráficos horríveis e confusos e uma barra de energia que fica saltando gimmickeanamente de um lado para o outro da tela), em msx 2 e ganhando umas telas digitalizadas desnecessárias no msx 2+. Compreendo que usaram SCC, que fizeram sound test, animaçõezinhas no password e um monte de firulas, mas só que tanto esforço se perdeu num jogo ruim. As firulas, quando existiam nos da Konami, eram extras para depois que a jogabilidade estava ótima.

Au, mas é SCC perfeitamente balanceado com o PSG em qualquer máquina, mas tem mais cores que o da Konami, roda em qualquer MSX e ganha extras em máquinas melhores, é rápido, tem cenário colorido. Tudo bem. Tem um monte de jogo de Amiga bonito. Mas o jogo em si é ruim, só isso.

Ultimamente tá na moda tentar out-konamiar a konami, que nem no também nada bom Manbow 2, a continuação caseira não oficial (e chata) do Space Manbow. Geralmente são cartuchos com roms enormes, altos detalhezinhos em que o pessoal se pega, tipo SCC, cor, manual, cartucho físico, mas o jogo em si sempre deixa a desejar. Não adianta nada. Quer out-konamiar a konami tem que ser nos termos da companhia original: não é nos gráficos e na tecnologia e no esforço, é na jogabilidade. O único que consegue é o autor do Azurro 8-bit Jam e Invasion of the Zombie Monsters. Pode ver, ali não tem mais de 16 cor, SCC e nem 512K, mas tem jogo bom.

Mas fiquem aí com a filosofia do Emir Ribeiro: "Presenteio vocês com meu esforço e não entenderm minha arte! Retiro-me da cena para sempre!"

Adeus, Emir.


Shlotman, o webmaster do baú crackeou sem dó nem piedade esta obra de arte produzida pela Kralizec, aquela que sempre libera o cuzec.

Não tenho palavras para descrever este ato. Só sei que o jogo é uma merda e me deu sono jogar. Que perda de tempo crackear algo que não serve nem para limpar o forévis. O interessante é observar a galera do MRC (um fórum de msx repleto de otários) auzeando sem parar por causa disso. Tudo isso é falta do que fazer e principalmente falta de buceta. Inclusive do crackeador.