Pesquisa
avançada
12179 joguetes

Tao (msx)

  • MSX 2
  • ano desconhecido
  • Disquete 3 1/2
  • 1
  • Bluemsx
  • arquivo Tao (19xx)(Studio Esutoria)(ja).zip temporariamente indisponível
  • entrada

  • apresentação. esse deve ser o chefe final

  • menu caseirão

  • o jogo inicia assim. tens que escolher as fards para avançar os passos e cair nas casas certas

  • enfrentando uma geléia tímida

  • apanhando de uma plantinha safada

  • agora tenho vários itens

  • usei um scroll e transformei tudo em lava fervente

  • usei outro e consegui criar uma pontezinha

  • agora é um bicho servindo ramen

  • agora é um clone teu!

  • morri porque o jogo me sacaneou e eliminou todos os meus itens

  • um dragãozinho

  • uma guriazinha de capuz

  • um palhacinho pau no cu

  • um boneco brilhante que sempre te dá dano crítico

  • uma espada quebrada

  • outra palhacinha que adora dar critical também

  • que porra é essa?

  • tem até um diamantezão pra enfrentar

Esse RPG tem uma jogabilidade interessante. Tu começa com 16 cards: 4 numeradas de 1 a 4, ilustradas com geleinhas. Elas representam os passos que tu podes dar em cada rodada. Daí tem uma estradinha reta com várias casas. Tu gastas uma carta, a tua guriazinha avança os passos correspondentes e a estrada faz scroll, aparecendo mais merdas para interagir.

Nas casas tem monstros, dinheiro, itens pra pegar, terrenos que te causam dano e até terrenos que te matam na hora, como a lava e o pântano. Também rolam inns e castelos. Tem que ficar controlando as cartinhas para não deixar o jogador trancado a ponto de forcá-lo a cair numa morte instantânea ou num monstrengo forte. Os itens são armas e armaduras para equipar e poções, pergaminhos e plantinhas para usar. tora que os efeitos dos itens são super aleatórios: as plantinhas podem aumentar o teu status ou mexer com o teu HP e SP (pra mais e pra menos). Os pergaminhos mexem com o terreno, podendo tirar ou colocar merdas nas casas (já aconteceu de eu perder todos os meus itens na hora de usar um pergaminho). E as poções são aleatorias totais: pode mexer com o terreno, status e, é claro, forçar dropar todos os itens também. Afuzel!

O dinheiro serve para trocar por HP e SP nas hospedarias e nos castelos. Também é aleatório quando que vai gastar o dinheiro e no que.

Os encontros são por turnos e tu fica lançando uma mirinha que vai na direção do monstrengo sem parar. Tens que posicionar ela para cima ou para baixo, a fim de encaixar em algum ponto vital do inimigo e daí apertar espaço na hora certa. Alguns inimigos tem pontos vitais mais óbvios e outros tens que descobrir na aleatoriedade mesmo. Rola dano crítico se explodires a mira bem no centro do ponto vital.

Passa de fase depois de gastar todas as cartinhas e daí começa a vir itens melhores e monstros mais difíceis. Vale a pela grindar nos monstros fáceis (carinhas assustadas) desde cedo para ganhar exp e mudar de nível antes que sejas forçado a cair numa carinha malvada e ter que enfrentar um monstro mais forte. Um dos efeitos aleatórios do pergaminho é passar de fase direto, o que pode ser bom ou ruim (pula itens e tal). Dá para largar os itens nas casas, se o inventário ficar cheio (e pegar de volta se cair em cima das mesmas casas). Para usar/equipar um item, é só dropar em cima da jogadora.

Não sei pra que serve o SP. Talvez tenha a ver com a probabilidade dos itens funcionarem melhor. Também não sei se o jogo vai virando eternamente ou uma hora aparece algum chefão.

O jogo é tri mongol e aleatório, mas é bem divertido de jogar.