Pesquisa
avançada
12807 joguetes

Barry McGuigan's Championship Boxing

  • QAOPI: as teclas mais clássicas da HUMANIDADE.

  • Que maravilha de mullet. Que beleza de lutador.

  • CANNONBALL CORBY. BOOMBOOM BARNETT. Issa.

  • Desde 1986 esse negão tenta me levar pras cordas.

  • Já eu levo o público ao DERILHO na primeira luta.

  • Depois levo o Corby ao solo no segundo round.

  • Ele fica me encarando como quem quer COISINHA.

  • E eu o nocauteio com meu SOVACOBUDUM FATALITY.

  • EEEEEEEYEEE OOOOF THEEEE TIIIIIIIIIIIGEEEEEERRRRRR

Mais conhecido como BÉRRI MACSSUÍGAN pelos fãs brasileiros dos anos 80, aqui está um joguinho divertido pra cacete. Com comandos simples e perfeitamente toscos, é um belo campeonato de boxe que permite INCRUSIVE duelos entre dois jogadores. A jogabilidade é ótima e tem um fator replay quase infinito. Os gráficos são uma alegria à parte, já que não têm aquele visual MONOCOLORIDO típico. Não tem um só clash de cor no jogo, o que é sempre impressionante num Spectrum. Dá pra criar teu próprio lutador, desde o visual até os atributos iniciais e antes das lutas tem etapas de treinamento e coisetal. Os outros lutadores têm nomes como Cannonball Corby, Prettyboy Snider e Boomboom Barnett, que agora eu percebo que são meio FRUGÍVOROS, mas que de qualquer forma me trazem ótimas memórias de diversão nerd na frente da TV. Cheguei a ser campeão mundial lá por 1986, depois de massacrar meu teclado de borracha até quase apagar a tecla I. É tão CRÁSSICO quanto o Boxing do Atari 2600, e quem não gostar que vá ser PERINHA e jogar aquela merda de Rocco.