Pesquisa
avançada
12251 joguetes
  • PC DOS
  • 1990
  • HD
  • 1
  • DOSbox
  • monkey1.zip
  • Ow yeah, ye do

  • Não sou surdo, pau no cu

  • Quando tempo prendendo a respiração, mesmo?

  • A long, long time ago, in a galaxy far away...

  • Parece um rostinho berrando

  • Boca-de-mapa

WE RULE THE SCHOOL

AND YOU BOW TO THE KING


Senhoras e senhores, Monkey Island, o melhor jogo da história

É antítese falar desse jogo, pois uma resenha, ao meu ver, tem como finalidade motivar uma pessoa a experimentar ou não tal produto (no caso, jogar um jogo, mané). Acontece que não tem como não gostar desse jogo e continuar sendo mais que um mamífero ao meu olhar preconceituoso.

Não tem problema. Estamos aqui para isso.


Esta obra prima começa com uma apresentação do personagem principal da série, Guybrush Threepwood, um jovem que quer ser um poderoso pirata, e tem como único talento a fantástica capacidade de prender a respiração por dez minutos. Não é um bom começo, minha gente. E justamente por isso o rapazote vai em busca de um estágio com os três piratas mais imorais da região, que bebem juntos no SCUMM BAR. Deste ponto em diante se deslancha uma fantástica aventura em rumo ao sarcasmo, ao cinismo e às piadas internas. Existe uma storyline consistente que é razoavelmente importante, principalmente por estabelecer material para essas inner jokes tão preciosas, mas é no humor que se concentra o recurso desse estilo de jogo tão mala quando encontrado sem este fabuloso artificio (vide The Dig). Aliás, Monkey Island não é o primeiro jogo de humor nem o primeiro adventure, mas é o primeiro a uni-los de maneira tão fabulosa que monta uma série e um estilo que nos trouxe peças como Indy and the fate of atlantis (que me desvirginou) e até o bizarré Full Throttle, que tem umas partes arcade meio trouxa, enfim.


Resistindo ao ataque da minha deficiência do déficit de atenção, vou concluindo que esse jogo tem piadas excelentes, uma boa jogabilidade (duh), gráficos completamente condizentes para com sua realidade e faz mal aos ananáses. Se o individuo gosta de Monty Python (leia-se, tem bom gosto), não só pode como deve jogar.


Baixe e se esbalde, meu velho.


acho que eu seria como o Herman Toothroot. E só tenho mais uma coisa a dizer: "ESTE JOGO É UM DOS PRÉ-REQUISITOS PARA TE TORNARES UM CONHECEDOR DE ADVENTURES GUI!!!"


A primeira versão que joguei foi a de Amiga, lançada na mesma época, mas com gráficos e sons muito superiores. Ejaculei tanto de prazer que parecia o Bisnaguinha dos filmes da Cicciolina.