Pesquisa
avançada
13306 joguetes

Jogo recentemente visto:

Fire Copter

Siren - Blood Curse

Siren - New Translation


  • Playstation 3
  • 2008
  • distribuição online
  • 1
  • 3D
  • chupitos encoxando o heroi

  • sight jackeando a visão de um chupitos

  • oba, uma enfermeira chupitos

  • au au au, ela quer pau

Pois é.

Um remake do Siren do playstation 2, miogs, com a historia modificada e novos personagens.

Este jogo tinha uma história intrigante e tal e umas ideias boas, mas infelizmente é uma merda de jogar.

Uns magrões de uma equipe de televisão foram visitar o lugar de uma lendária cidade do japão que desapareceu e tal e encontram um RITUAL dos demonhos sendo performado por cultistas. Surge um guri blogueiro e interrompe o ritual e começam a acontecer bizarrices. No passado uns caras do culto COMERAM uns pedaços de um alienígena que caiu na terra porque tavam passando fome e isso gerou uma maldição e agora quando rola a SIRENE copiada do Silent Hill (o autor do jogo é o mesmo do Silent Hill 1), a água vermelha enche a terra e convoca toda a população que ao entrar no mar vira CHUPITOS. Chupitos são zumbis do mal, que matam todo mundo, só que quando não tem ninguém por perto pra matar eles continuam com suas atividades normais de quando eram vivos, mantendo conversas e trabalhos bizarros até aparecer alguém. A história é contada fora de ordem e através de itens que são incrivelmente difíceis e chatos de conseguir, de forma que isso prejudica o desenvolvimento da coisa e a maioria das pessoas não vai ter saco pra tentar encontrar tudo, a não ser que sejam legítimos OTAKUs praticantes da putaria na forma mais sofisticada. É uma pena, meu caro, seria divertido se eles realmente contassem a história, mas ela fica soterrada sob uma camada de jogabilidade ruim pra cacete.

Veja bem, tu controla um montão de personagens, cada um em uma fase e tal, e tem que completar um objetivo que normalmente consiste em fugir dos CHUPIÇAS ou algo assim. Aí pula pra outro personagem e quando tu vê, o que tu acabou de controlar morreu (em um momento que sequer aparece no jogo) e voltou como chopitos e uma hora tu meio que perde o interesse no que tá acontecendo. Tem umas cenas e ideias boas e bem bizarras, mas fica tudo amadoristicamente perdido mesmo.

O pior de tudo é o jogo em si, que consiste em ficar fugindo e se escondendo, que se tu for enfrentar os chupicles desarmado, só se fode. Mas quando pegas QUALQUER arma, fica fácil e é só derrubar eles, acabando com qualquer perigo. Os chupintos são imortais, mas ao ser nocauteados ficam uns minutos fora de ação e depois voltam pra te encher o saco.

Tu pode CAPTURAR a visão dos inimigos pra ver o que eles tão vendo, aí metade da tela fica com a visão deles, o que é uma ideia boa, mas a imagem dessa metade da tela fica tremendo e piscando e mal se entende o que tá acontecendo, de MODOS QUE desperdiçaram o negócio e isso pode causar epilepsia fotossintetica, aquele tipo de epilepsia causado por luz piscante em que o INDIVIDUO começa a tremer, babar e gerar seu próprio alimento.

O jogo é scriptado até dizer chega, tu tem que adivinhar o que ele quer que tu faça e qualquer desvio do caminho é game ovo na hora. Os gráficos são cheios de filtros toscos e a camera fica tremendo que nem filme moderno sobre sodomia produzido pelo ministério da cultura da França e as musicas são meio enjoadas.

Queria que o jogo fosse bom, porque a história é tri boa mesmo, mas é hediondo e injogável pra cacete, praticamente desenvolveram o genero survival chatice. O cara CONTOU com programadores melhores no Silent Hill e mesmo assim não eram grandes coisa, mas nesse jogo aqui o pessoal certamente é tudo formado no Systen's Star's.