Pesquisa
avançada
13465 joguetes

se estiveres te sentindo um merda

Clique aqui

Starblade (mega cd)


  • Mega CD
  • 1994
  • CD
  • 1
  • 3D
  • starblaaaaaaaaaaaaaayde. que nem o programa star gayme do multishow.

  • apresentação bela

  • sim

  • tu é a mira verde, os movimentos da câmera sao automaticos, claro

  • mate os poligonos trouxas

  • asteroides que não te fazem nada, nem precisa desviar ou atirar

  • navezotas que são só cenário

  • esses bichos vetoriais deixam o jogo tri lento

  • game ovo ovo ovo

  • conde tolstoi escrevendo a história de eusebiozivtch

APOS TRÊS ANOS DE CASAMENTO, Serguei Penteado Xiado Eusebiozivtch certo dia retorna para casa mais cedo que esperava, vindo de uma hackaton em que seu time de programadores havia tirado a sorte grande: desenvolvendo em apenas 72 horas um sistema para automação no controle de contas a PAGAR & RECEBER de uma firma de garagens, ele havia OBTIDO o segundo prêmio, 500 reais em compras no site da freeboi e um par de óculos espelhados com aro cor de rosa da Apple, com o logotipo da maçãzinha e tudo. Ia ABRIR a porta de casa, já estava para introduzir a chave na fechadura, quando a abriu sua esposa, para dar passagem a um homem em sumários trajes de verão. Este, ao deperar-se com Serguei, mais que depressa aperta-lhe ENTUSIASTICAMENTE a mão, ainda por cima ejaculando as palavras "GRAAAANDE Eusebiozivtch!", sem tirar a pata esquerda da cintura da mulher. Na sequencia ela apresenta o GRACIOSO RAPAZ como o seu analista pessoal de Netflix, que tinha vindo à casa fazer sua visita semanal para conferir o bom andamento das coisas, sabe como é, o fluxo de entrada e saída do streaming da TV. Como se os novos óculos da Apple abrissem-lhe os olhos para a realidade, Serguei Eusebiozivtch percebe que os dois eram mais íntimos do que poderia desejar, pois depois de dar uns beijinhos nas bochechas de sua esposa, o analista de netflix aplicou nela carinhoso tapão no rabo antes de partir, coisa que se não pareceu descaradamente um atestado de boi cornice, também não deixou Serguei tranquilo. Na mesma hora ele se lembrou de que em torno de um mês atrás havia encontrado o mesmo homem na rua, saindo do SUPER MERCADO com sua esposa (super mercado este que ficava por coincidencia ao lado do Motel da Lagoa), e ao entrar no carro, ela ainda exigiu que Serguei oferecesse uma carona ao homem. Estava toda RISONHA & FACEIRA, e pensando bem, com o canto do olho, Serguei havia percebido que o homem, enquanto conversava com ele sobre amenidades, enfiava o dedão no espaço entre o encosto e o assento do banco de sua esposa e ela dava reboladinhas estranhas. Evidentemente que Serguei, no fundo, havia notado que o rapaz passara o caminho todo METENDO O DEDO NO cu DE SUA MULHER, mas ela, para não desrespeitar Serguei, em sua inocência e bondade, havia decidido ignorar tudo aquilo, e as reboladinhas nada mais eram do que ela tentando escapar das dedadas. Não querendo provocar um incidente mais feio, uma briga no meio da rua, na qual certamente acabaria apanhando, Serguei pensou que logo estariam livres daquele abusador e tudo acabaria, mas agora aqui estivera ele de novo e, ao que parece, com o consentimento de sua esposa.

Serguei entrou em casa, largou sua maletinha sobre a cama, onde percebeu uma porção de maionese que sua esposa havia deixado cair sobre o traveisseiro dele, removeu seus óculos da Apple abandonando a intenção de demonstrar para ela o quanto deixavam-lhe com aparência moderna & RADYKAL, preparou um copo de ovomaltine e de repente começou a chorar, balbuciando a seguinte conclusão: "Minha mulher está me traindo! Eu sou um CORNO MANSO!"

Durante o jantar naquela noite, Serguei bateu a mão gordinha na mesa e disse "JÁ CHEGA! Não posso suportar! Quem é que põe o dinheirinho nesta casa? VOCÊ está me traindo, não é sua vagabunda?"

A mulher de Serguei, para surpresa do gordijo, admite e inicia um discurso que conclui com o fato de que a CULPA por ter levado chifre é do próprio Serguei. Pois se a mulher trai, diz ela, ainda chamando-o de gordo escroto, é porque não está satisfeita com o casamento, porque o homem não soube impor limites e, com sua FROUXIDÃO, não apenas permitiu, como estimulou o caso inteiro. Neste momento chegou a empregada e a mulher de Serguei começou a humilhá-lo na frente dela, dizendo "Este gordo broxa não consegue nem me comer direito, ora poish!" (Como podem ver, a mulher de Serguei era portuguesa e dona de um vasto busto que precisava ser depilado diariamente.) "Aqui, aqui," tirou uma cinta-rola do nada e deu para a empregada, "ponha isto e venha me apresentar o Volin, que este gordo de merda não consegue."

Serguei se ajoelhou, levou as mãos à cabeça e começou a gritar em desespero, tentando imitar o final daquela piada do filho gay do Hermes e Renato, mas em vez de se apiedar dele, a esposa ainda disse "Olha isso! Parece estar guinchando feito o gordinho do Amargo Pesadelo! Pare com isso, Serguei Eusebiovitch, ou vou chamar meu analista de netflix para comer seu cu!"

Serguei levantou e decidiu tomar uma atitude. Estava tudo acabado, exigia o divórcio.

"Nada disso," dise a mulher dele, "nós CASAMOS com COMUNHÃO TOTAL DE BENS, de MODOS QUE se nos separarmos, vou ficar com metade de sua coleção, seu gordo de merda."

Serguei travou. Esqueci de mencionar que Serguei Eusebiozivitch era um entusiasta dos videogames antigos, tendo sua área de esepecialização nos jogos em CD da Sega. Ele tinha uma coleção completa de CDs originais na caixinha, que nunca tinham sido abertos, de sega cd, saturn e dreamcast, além de uma coleção de Laser Disc voltada para ficção científica, em especial Star Wars e Michael Jackson, sendo seus itens mais raros e cobiçados pelos seus colegas nos encontros do clube Canal 3 o especial de natal do Star Wars e o filme Capitão E o do rei do pop.

Apenas cito esta história porque o CD em que a mulher de Eusebiozivtch pôs as mãos, já pronta para rasgar o plasticozinho original lacrado, foi o Starblade do mega drive. Este joguete trouxa nada mais é que um jogo espacial de tiro sobre TRILHOS, como se diz por aí entre os círculos de entusiastas, daqueles de controlar uma mirinha e atirar nas outras naves enquanto fica passando na tela um cenário poligonal que na verdade é só um filmete gravado no CD. Mas era o tema preferido de Serguei, como podem ver, ele tinha até um sega mouse com o qual poderia desfrutar de belas partidas. (nunca usando o cd original, claro, ele tinha uma versão para guardar na estante e uma versão pirata para jogar) Na mesma hora ele aceitou sua condição de corno manso e deu não apenas o cartão de crédito para a mulher, que queria ir no super mercado com o seu analista de netflix, como permitu que a empregada o ENRABASSE violentamente com o cintaralho enquanto ele guinchava feito um porquinho e perdia as esperanças de que o Rock Hudson viesse salvá-lo. É verdade que Serguei ainda ligou para seu ADEVOGADO para ver se ia mesmo perder sua coleção insubstituível caso se separasse, mas como o adevogado malandrão também estava comendo sua mulher, ficou por isso mesmo e tudo voltou ao normal. E hoje, fechando os olhos a certos deslizes de sua esposa e tentando sempre se manter fora de casa durante os dias corretos da semana (ele foi recentemente participar do hackaton do Tribanco com a consciencia tranquila, sabendo que sua esposa estaria em boas mãos - mas infelizmente tirou a ULTIMA POSIÇÃO desta vez), Serguei Eusebiozivtch pode dizer que é um gordilho feliz, mesmo que um de seus filhos seja chinês e o outro afrodescendente.