Pesquisa
avançada
13304 joguetes

se estiveres te sentindo um merda

Clique aqui

  • Super Nintendo
  • 1992
  • Cartucho
  • 1
  • arquivo Axelay (E) [!].zip temporariamente indisponível
  • entrada

  • auuuuuuuuu

  • iuuuuuuuuuu

  • a última esperança da punheta

  • sendo cercado por naves encoxadoras

  • as ilhotas vão fazendo zoom e daí pode atirar nos canhões pendurados nelas

  • soltando asteróides na tua cara

  • escolhendo armas na primeira fase

  • agora rolam os labirintos filhos da puta. mal se enxerga para onde se está indo

  • atirando na aranhola chefe de fase

  • toma!!!

  • agora ganhei uma arma extra

  • o jogo ficou de lado

  • invadindo a base da punheta

  • começa a ficar punhetoso mesmo

  • tem até o Dr. Octopus pra enfrentar

  • game ovo

  • caixa

  • trás da caixa. KISS YOUR AXELAY GOOD-BYE!!!!

Um shooter meio chinelo, que por algum motivo obscuro, era admirado pelos Igors da época.

Começa visto de cima, na vertical, com um cenário meia boca insuando um parallax porque os inimigos vem do fundo e também de baixo das nuvens. Essa parte abusa afuzel do scroll horizontal, pois acabam fazendo com que tu tenhas que desviar de paredes que fazem curvas para o infinito. Também rola uma scrolada boa ao enfrentar mestres.

Depois o jogo vira um shooter de lado, dos bem basicões da Konami. Com paredes daquelas bem punhetosas, scrolando na tua direção, cheias de inimigos encoxadores.

A tua nave porta 3 armas, que podem ser escolhidas com os botões LEFT e RIGHT. Se levar um tiro, perde a arma corrente. 3 tiros = morte. Colisões em paredes = morte. Na verdade, cada arma é um par de armas: tiro no botão B e míssilzinho cagado no botão A.

consagrado e era isso.

Outras versões:

Axelay (japan)

arquivo Axelay (J) [!].zip temporariamente indisponível