Pesquisa
avançada
13304 joguetes

Age of Empires II: The Age of Kings

Age of Empires II


  • Windows
  • 1999
  • CD
  • Ensemble Studios
  • 8 Internet Modem Rede local Simultâneo
  • Isométrico
  • menu principal. da até pra escutar a musiquinha: TAM TAAAMMM TAM TAM TAM TAAAAMMMM...

  • a campanha do William Wallace

  • tem uma enciclopediazinha de todos os povos

  • eram bons os gráficos pra época

  • camelos e mamelucos. os mamelucos são a unidade de elite dos Sarracenos

  • armas de cerco, arqueiros, cavaleiros e infantaria. os arqueiros da direita são os arqueiros de elite dos Bretões

  • um templo sendo atacado por cavalinhos

  • tem navios também

  • elefantes e arqueiros à cavalo mandando flechada nos peões

Viram que o Age of Empires era meio louxas e refizeram todo o jogo com uma interface bem mais decente e jogabilidade fluida. Agora os jogadores começam na idade das trevas e, novamente, passam por mais 3 idades até chegar na idade dos impérios. Os recursos são os mesmos do jogo anterior. Trocaram a vitória de coletar artefatos por rélicas, que só podem ser pegas pelos monges e precisam ser postas no monastério. Diferente dos artefatos, as rélicas geram dinheiro com o tempo.

Cada povo tem samplers característicos na hora de clicar neles e a musiquinha do CD é tri arte também. Os povos ficaram (um pouco) mais balanceados e o multiplayer ficou animal pra caralho. Falando em multiplayer, joguei essa merda muito mais tempo do que deveria durante a minha faculdade, o meu mestrado e por anos depois ainda.

Cada jogador pode escolher um dos seguintes povos: Britões, Bizantinos, Celtas, Chineses, Francos, Góticos, Japoneses, Mongóis, Persas, Sarracenos, Teutônicos, Turcos e Vikings. A maioria das unidades são as mesmas entre os povos, mas cada povo tem uma unidade única de elite que só pode ser construida no castelo, que é uma estrutura apenas disponível na idade dos castelos (a 3a idade do jogo) e que custa uma cacetada de pedra pra construir. Por exemplo, o elefante de guerra agora é a unidade de elite dos Persas. Numa tentativa escrota de balancear os povos, cada povo tem uns bônus únicos sutis, mas nem todos os povos têm todos os upgrades e todas as armas de cerco disponíveis no jogo.

Pelo menos todos os povos têm o Trebuchet , disponível na idade dos impérios, que é a arma de cerco mais afu de todos os tempos!

Outra coisa boa em relação ao jogo anterior é que existem unidades especificas para COUNTERAR outras: os skirmishers têm bônus contra arqueiro e os pikemen têm bônus contra todas as unidades montadas à cavalo.


As campanhas ainda continuaram imbecis, mas ainda tem outros modos de jogo, tipo o Death Match e o Regicide, onde os jogadores já começam com um castelo com um REI dentro e o objetivo é apenas matar o rei do outro.


- ÃÃÃIGE!!


- AGES!!!


Gozei no teclado! Não posso mais continuar a resenha.