Pesquisa
avançada
13683 joguetes

  • Windows
  • 1999
  • CD
  • 1 E-mail Internet Rede local Turnos
  • Isométrico
  • entrada

  • o tutorial ensinando a jogar

  • ó os spells do tutorial

  • explorando com o herói

  • as relationships do cenário

  • pesquisando mágicas

  • os dados do herói

  • pegando uma cidade aliada

  • essa cidade produz halflings

  • vou fazer um ariete só de sacanagem

  • entrei numa caverna e o combate é muito punhetoso. tem que explorar primeiro

  • levei um século para explorar tudo isso e achar um cachorrinho

  • vitória! auuuuuu!

  • ganhei uma espadinha

  • equipei o meu herói

  • explorando o subterrâneo com um hobbit slinger

  • comprando uma mágica

  • guerreiros aliados se juntam para a fodeção

  • fazendo um SÍTIO num castelinho

  • saiu um besourão dentro do castelo deles

  • pronto para fazer uma mágica, mas tem gente na frente :-(

  • peguei a cidade dos goblins. vou fazer um BOMBARDEADOR

  • usando o magic gayser num inimigo

  • o vilão do jogo é o BOROK

  • vitória de novo! auuuuuuu iu

  • escolhendo um cenário

  • comecei na neve

  • a cidade dos frostlings. pode até fazer um PINGUIM

  • atacando um castelo com catapultas

  • uma mágica sagrada detonando afuzel

  • uma espécie de putaria mágica rolando no castelo

É tipo o Heroes of Might and Magic, mas mais lento e esquisito. O suquinho jogava essa merda direto e eu dormia olhando ele jogar. O jogo tem a mesma mecânica de explorar mapinha com heróis, pegando minas, castelos, combatendo tropas, etc., mas as criaturas também podem andar sozinhas no mapa, tipo o que acontece no Heroes IV. Não rola 'stackear' criaturas, então cada grupo só pode ter no máximo 8 unidades, iguais ou diferentes.

São doze (!!) povos diferentes e rola uma MATRIZ DIPLOMÁTICA entre os povos que faz com que alguns castelos venham de graça e os castelos conquistados de povos inimigos acabam produzindo menos. É possível destruir castelos conquistados e migrar povos de uns castelos para outros, com o intuito de não deixar o inimigo reconquistar os castelos.

Cada criatura tem vários skills ativos e passivos e o herói tem um monte deles, o que fica bem afu quando ele promove várias vezes. Também tem artefatos e armas pra equipar os heróis. Produzir muitas criaturas pode deixar o jogo chato e lento por deixar o mapa bem ENTUPIDO. Compensaram isso fazendo com que as criaturas tenham UPKEEP e daí pode deixar os castelos produzindo "merchandise", que é o equivalente a não produzir nada, em troca de gerar mais income para poder manter o teu exército.

O combate é cheio de detalhes no teatro de guerra para VALORIZAR bem os skills das criaturas e dos heróis. Se os jogadores estão invadindo uma caverna com monstros, então tem que explorar a caverna inteira durante o combate para ter que encontrar os monstros escondidos (que adoram te atacar de surpresa). Na hora de sitiar um castelo, tem que andar pela volta dele, quebrando os muros e tal. Os ataques à distância e algumas mágicas têm direção e ângulo, então tem que ficar reposicionando as criaturas para não acertar elas no caminho. Para poupar a bronha, o combate pode ser automático e o jogo mostra uma simulaçãozinha tosca do que aconteceu no combate. Apesar dos grupos andarem separados no mapa, pode atacar um castelo com mais de um grupo de unidades ao mesmo tempo.

Existem mágicas que podem ser usadas fora do combate, mas diferente do Heroes, essas mágicas podem afetar o cenário em si e até castelos-alvo.

Também rola editor para criar mapas/cenários customizados. O multiplayer tem duas coisas inusitadas: poder jogar via e-mail (punk!) e ter a opção dos turnos serem simultâneos (que também pode ser ativado contra o computador). Se o teu herói principal morre, tu perdes o jogo imediatamente, tipo o que rola no Shining Force, mas isso pode ser desabilitado antes de iniciar o jogo.


O jogo é bacana porque explora bastante a variedade de criaturas e os poderes delas. Dá para jogar e se divertir um pouco no início, mas é muito mais tedioso do que o Heroes of Might and Magic, a ponto de enjoar afu, depois de gastar meia hora a cada combate e quase uma hora por turno num mapa grande cheio de criaturas. Mesmo assim, fizeram um montão de expansões e continuações do jogo, inclusive a parte 3 do jogo foi feita recentemente para jogar pelo Steam. Então essa bosta deve ter o seu séquito de gordinhos.