Pesquisa
avançada
13699 joguetes

Riven - The Sequel to Myst

  • oba, uma escadinha

  • clique mil vezes pra ir andando

  • uala, que lindas imagens estáticas, vou bater uma bronha

  • oba, uma palanca que faz sons de peidos

  • antes de clicar tem que aproximar mais, é claro

  • uma portinhola

  • que lindo cenário cinza

  • vamos penetrar o escritório pelo ventilador

  • qualidade

  • 200 páginas de texto com fonte horrível pra te deixar cego e te inteirar dos puzzles

  • não acaba mais

  • copie os símbolos que achar importantes em um papel ou se foda

  • mais uns aí

  • uma coleção de ovo de codorna

  • este monotrilho vai te levar por uma linda animação chata pra caralho de meia horinha

  • meu deus, que gráficos superiores

  • o elevadorzinho. myst sempre foi empulhação.

  • mapinha, acione uma das ilhas

  • caixa roubado do moby games indicando CLARAMENTE que é a continuação do Myst pra tu não se enganar e comprar o jogo errado

  • pelo menos tentaram lucrar bem e fizeram vários derivados de myst

  • manuel

  • caixa da versão dvd

Após o ESTRONDOSO sucesso do Myst, os irmãos Pexeréka, autores e donos da Cyan, resolveram pegar PESADO. Investiram trilhões de dólares na continuação pra AUMENTAR o valor da produção e entregar o produto que vocês merecem, com qualidade profissional. Então em vez de ser só um slideshow com imagens mongas de engrenagens e palancas clicáveis como Myst, Riven é um slideshow com imagens mongas de engrenagens e palancas clicáveis com o DOBRO DE IMAGENS! O resto é tudo igual. Ah, eles também inventaram a língua ficticia de Myst pra rivalizar com o Klingon e Trollico do Sr dos Aneis. Vejam quanta alegria.

Ande por aí aos saltos (nem pra fazer movimento se prestaram) pelas fotos de imagens 3D estáticas (dessa vez às vezes aparece um dinossaurinho ou um besouro em 3D grotesco dos anos 90 quando entras na tela pra dizer que tem um pouco de animação, mas ele logo vai embora, então só serve pra travar um pouco mais o jogo, e daí em diante a tela continua ali com a grama e a água paradas mesmo com o som do vento), clicando em um monte de merda aleatória, botãozinho, palanca, engrenagem, e descubra o que cada coisa faz. O que é um porre, porque cada clicada o jogo para e fica meia horinha tocando um som de peido ou de mijo correndo por um cano ou de descarga, pra indicar que alguma coisa está acontecendo, e tens que aguentar pra depois continuar jogando. Se os resultados dos cliques fossem imediatos, eu até jogava, mas é um tédio o bagulho, tem que clicar muitas vezes pra descobrir o que fazer e cada clique é MEIA HORINHA de sampler hediondo que não dá pra pular. Alguns cliques ainda geram uma animação tosca que é um filminho 3D com qualidade pior que a das imagens estáticas, animação sempre lenta & deliberada, pra te por pra dormir, de alguma salinha girando lentamente ou um trenzinho te levando por trilhos e por aí vai. Pelo menos essas dá pra pular, mas ainda assim é um saco, que tem que carregar elas.

A história é mara. O gordines que tu libertou no fim do Myst diz que vai te PASSAR uma missão importantissima, mas ele não tá a fim de te dizer o que tens que fazer ou que missão é, descobre aí que ele tá muito ocupado escrevendo a bíblia do gozador. Aí ele te transporta pra uma ERA nova com cinco ilhas, tu surge preso em um bagulho e aparecem uns magrões digitalizados pra dizer que o jogo tem personagem, eles falam duas frases na língua do istupy e vão embora pra sempre e o jogo vira Myst de novo.

Se não fosse tão lento e travado seria suportável, mas é uma pena, meu caro, não vai rolar.

Depois lançaram de novo uma versão com um DVD só em vez de cinco CDs, mas só muda a midia e inclui um videozinho de making off pra sacanear bem.