Pesquisa
avançada
13458 joguetes

tu se acha o ardcór das parada?

MSX sprites protagonistas Atari! Ataaaahri
  • Cigarro ou palitinho, tanto faz. É chinelo igual.

  • O Fagundes aí parece estar meio tchuco.

  • Grana pras armas sempre faz bem.

  • Metralhado enquanto dava um CONFERES nas NNGATAS.

  • Baita puxa-saco. Não leve fé.

  • Exterminando o pistoleiro MANCO pela 19a vez.

  • Depois aparece um TIRA na porta. Leva três pipoco.

  • O que acontece quando tu TE DEIXA MATAR.

  • Não dá pra entender os critérios desse jogo.

Grande clássico do Speccy onde o jogador assume o papel de um mafioso chamado Mugsy nos EUA dos anos 20. Auxiliado por um puxa-saco profissional, Mugsy tem que decidir como vai dividir o dinheiro da máfia entre as diversas atividades necessárias: proteção de clientes, armamento, suborno de policiais, pagamento de capangas, brigas entre facções e o caráio a quatro. De acordo com a estratégia traçada, a gangue aumenta de tamanho e Mugsy enriquece ou tudo começa a ficar um lixo. De vez em quando tem uma partezinha arcade muito safada na qual Mugsy precisa eliminar um pistoleiro que parece uma MULA MANCA NO CIO, de tão incompetente. Os gráficos são muito legais para um jogo de 1984, com um clima de HQ noir. A jogabilidade é meio repetitiva PRA CACETE, mas mesmo assim vicia. Sabendo administrar bem os RECURSOS ILÍCITOS, o cara fica jogando até encher o saco e se deixar matar pelo pistoleiro mangolão - e mesmo assim nunca passa de 30% no score. Talvez jogando sem parar durante nove horas a pontuação melhore. Hoje em dia é meio chato de ficar jogando durante muito tempo, mas merece ser oitava maravilha porque na época impressionava muito e era um dos meus jogos preferidos. Eu tinha doze anos, porra. A ambientação é legal e a idéia do jogo é interessante, então foda-se que hoje em dia soa meio punhetice ficar fazendo a mesma coisa durante horas. Eram só 48kb, caráio. Isso não dá nem pra UM OITAVO DE FRAME dessas aberturas renderizadas GUEIS dos jogos de hoje.